Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

3 Pontos de Vista

E o fim-de-semana começa em 3, 2, 1…

O fim-de-semana começa…AGORA!... É prolongado e os 3 Pontos de Vista vão aproveitar ao máximo.

Estamos de partida para o Algarve…3 dias para aproveitar e praticar novos verbos... 3 dias a gajar, 3 dias a gargalhar, 3 dias a criar, 3 dias a molengar, 3 dias a praiar, 3 dias a flirtar, 3 dias a esplanar, 3 dias a bronzear - isto tudo, com 3 Pontos de Vista!!! 

a42b464a1ad8835c2fdc8bf33bb6d2ac.jpg

 
Na mala, não falta…

LOLA

LOLA.jpg
1- Nívea Sun Carotene   2 - Ray-Ban Cat 5000   3 - Paez Shoes

 

KIKI

KIKI.jpg

1 - Piz Buin Allergy 2 - Havaianas   3 - Toms

 

DUDA

DUDA.jpg

 1 - Cien Sun Invisible   2 - Merrel   3 - Nativa SPA, Boticário


E o Liebster Award vai para...

Iniciámos há pouco tempo estas lides da Blogosfera, mas estamos a adorar!

Somos 3 Pontos de Vista femininos, que aqui se apresentam como LOLA, KIKI e DUDA, representantes de três gerações distintas (20's, 30's e 40´s), que, como qualquer elemento feminino que se preze, vibra com qualquer novo desafio e aceita embarcar em "novas viagens". Esta foi a mais recente, a criação e dinamização de um blog.

Desta vez o desafio foi lançado pela Mom Sandra, responsável pela nossa primeira nomeação para o Liebster Award. Obrigada! 

 

Antes de passarmos à resposta do desafio propriamente dito, ficam as regras de funcionamento, que são:

  1. Escrever 11 factos sobre nós próprios
  2. Responder às perguntas que nos colocaram
  3. Nomear 11 blogs com menos de 200 seguidores
  4. Fazer 11 perguntas a esses blogs nomeados
  5. Colocar a foto do Liebster Award no post
  6. Enviar o link do post a quem te nomeou

Bem, vamos então iniciar a resposta ao desafio, por 3 Pontos de Vista!

Começamos por partilhar 11 factos sobre nós próprias:

LOLA

1 - Tenho medo de aves

2 - Sou muito teimosa

3 - Sou sentimental

4 - Adoro comer

5 - Sinto-me bem rodeada de pessoas

6 - Gosto de estar comigo

7 - Não gosto do meu nome

8 - Adoro dormir

9 - Derreto-me se me mexem no cabelo

10 - Não consigo fazer fretes

11 - Canto no carro

KIKI

1 – Uma romântica incurável

2 – Gosto de comer

3 – Não gosto de picante

4 – Perfecionista

5 – Aventureira

6 – Adoro viajar

7 – Dedicada aos outros (àqueles de quem gosto)

8 – Gosto de organizar

9 – Sou viciada em compras (todas as semanas tem que haver programa de lojas e compras)

10 – Gosto de estar sozinha, apenas comigo

11 – Ligo demasiado ao que os outros pensam e sentem em relação a mim

DUDA

1 – Tenho prazer em comer bem e em boa companhia

2 – Estou sempre pronta para viajar, viajar e viajar

3 – Adoro descobrir uma música que me afeta todos os sentidos

4 – Gosto de rir à gargalhada até me doerem as bochechas

5 – Gosto de rolar numa "cama nuvem"

6 – Tento que não me escape nenhum momento feliz, mesmo que seja só meu

7 – Derreto-me com uma massagem nos pés

8 – Vibro com os momentos "viagem na maionese"

9 – Adoro mimar e ser mimada

10 – Gosto de descobrir e dizer "ahhhh..."

11 – Entusiasma-me perceber que ainda há muito para descobrir

 

Respondemos às 11 perguntas que nos colocaram:

  1. Qual o lugar que gostarias de conhecer?

LOLA - Petra, na Jordânia

KIKI - Austrália

DUDA – Tromso, para ver a aurora boreal 

  1. Qual é o teu maior vício?

LOLA - A minha família

KIKI - Comer

DUDA - Fumar

  1. Qual é a tua maior fraqueza?

LOLA - Emotividade, ainda que disfarçada

KIKI - O Medo

DUDA - impaciência

  1. O que é que gostavas que te acontecesse amanhã?

LOLA - Qualquer coisa, desde que seja boa

KIKI - Apanhar um avião rumo a um destino que ainda não conheça 

DUDA - Alguém me dizer "o seu pequeno-almoço está pronto milady!" (com a voz do Tywin Lannister)

  1. Tens alguma fobia estranha?

LOLA - Ornitofobia...medo de aves

KIKI - Não... Saltar em trampolins conta?

DUDA - Várias e todas as fobias são estranhas, mas odeio elevadores

  1. Para o que é que estás sempre atrasado?

LOLA - Para quase tudo

KIKI – para nada, chego sempre antes da hora

DUDA - Para pagar o condomínio

  1. Como é que deveria começar um fim-de-semana perfeito?

LOLA - Num sítio maravilhoso, com uma companhia maravilhosa e com comida maravilhosa

KIKI - Com um pequeno-almoço na cama, servido por alguém especial

DUDA - Com aquilo que eu gostaria que me acontecesse amanhã

  1. Se descobrisses uma ilha, que nome lhe darias?

LOLA - Wow Island

KIKI - Kiki (soa a destino turístico, não acham?)

DUDA - Depende da inspiração do momento, mas talvez "cumcaraças"

  1. Consegues ficar um dia inteiro sem ouvir música?

LOLA - Conseguiria, mas não podiam haver rádios, telemóveis e aparelhagens por perto

KIKI - Conseguir consigo, mas não é a mesma coisa 

DUDA - Sim

  1. Qual é a melhor cor para um carro?

LOLA - Cinzento

KIKI - Preto

DUDA - Qualquer uma desde que não seja num tom pastel

  1. Se a tua memória fosse apagada todos os dias, do que é achas que mais ias gostar que te recordassem?

LOLA - da minha família

KIKI - de quem sou

DUDA - do momento em que vi a minha filha fora da minha barriga e a agarrei

 

Seguem agora os 11 blogs que nomeamos:

5 minutos na paragem

A Borboleta com pinta

Fashion by Mónica

Só Possuídos

Girl About Town

Uma fatia de pão e um copo de vinho

A desarrumada

Where is my mind by Cristiana Sá

Aprender uma coisa nova por dia

A Teoria quase perfeita

Maria Amélia

 

E agora as 11 perguntas que os nomeados terão que responder:

  1. O que te faz dizer "chega!"?
  2. Como dizer a alguém que está a ser muito chato ou estúpido?
  3. O que é intolerável?
  4. Completa a frase “a minha vida é impossível sem...”
  5. O que te provoca um sorriso espontâneo?
  6. Quantas horas são precisas para dizeres "amo-te"?
  7. O que esconderias debaixo do colchão?
  8. Completa mais esta “Nunca digo não a...”
  9. E mais esta “não vale a pena se...”
  10. O que te faz perder a paciência?
  11. Qual seria o lugar ideal para fazer um filho?

 

Absolutamente Fiel... a um produto!

A lealdade não é fácil de manter quando se tratam de coisas, mas há realmente coisas que nos fizeram ficar fieis e, por isso, não se trocam por outras, não se olha ao preço e se não houver num sítio vamos à procura noutro.

Eis os três eleitos para esta categoria…

LOLA

Não dá para não usar espuma... Faz portanto parte da minha logística do "lavar o cabelo", o uso da espuma. Para tal, não prescindo da do Lidl, sim...do Lidl...com o nome faustoso Cien Styling Mousse. É a única que se faz cumprir no meu cabelo. Já experimentei outras (de mais euros) mas esta é a que me dá alento!

fotografia.JPG

KIKI

Este é o perfume que utilizo há anos, o Myriad do Boticário. Não é o perfume eleito para "os momentos especiais", mas é o aroma que me acompanha no dia-a-dia. O preço é acessível e o aroma joga bem com a minha pele.

Myriad-Des.-Colonia-100ml.jpg

DUDA

Uso este anti cerne da Lancôme há mais de 15 anos, mais nenhum cumpre tão bem a função de disfarçar as minhas olheiras. Já o traí algumas vezes, poucas mas aconteceu, foram as suficientes para perceber que não há melhor.  

 

Lancome-Gezichtsmake_up-Effacernes_Longue_Tenue.jp

E como partilhar o que é bom vale a pena, queremos conhecer e, porque não, testar a vossa fidelidade. A que produto/marca és fiel?

Saborear na Vila de Sintra!

Apesar deste dia cinzento, que mais parece de Outono, não deixamos de nos sentir com espírito primaveril, portanto nada de ficar em casa. Optámos por visitar uma das seleções da KIKI no post Spots Primaveris das Lisboetas e fomos até à Vila de Sintra.

Sintra, com um espírito muito próprio, através do seu clima, das suas cores e da sua vida.

Fizemos o percurso pela Serra, uma pequena paragem no Coolares Market e descemos até ao centro da vila. Ponto de Paragem - Piriquita II - onde nos deliciámos com um Travesseiro de Sintra.

Sintra.jpg

 

Em relação à amizade...

E porque a amizade é algo intemporal, até a Super Bock a utilizou como mote criativo para a sua nova campanha de comunicação.

Enquanto 3 Pontos de Vista, cuja essência está na amizade, não poderíamos ficar indiferentes a uma campanha que se baseia num dos valores mais simples e importante da vida: a Amizade.

 

LOLA

"As grandes amizades não pedem muito, (…) pedem olhares, silêncio, sintonia, piadas que ninguém percebe." ... porque dar o que “é de nós”, não é dar muito.

KIKI

"Como é que temos tão pouca vida para os amigos?" ... vale a pena parar para pensar nisto, pois é o TEMPO que alimenta as relações.
 

DUDA

"Se não puderes hoje, vai amanhã, mas vai mesmo!" ... porque é preciso contrariar a inércia, a rotina, contrariar o previsível... exige mas compensa. Num sorriso, numa gargalhada, num abraço podemos ganhar o mundo - o meu, o teu que é o nosso!  

 

Conheces o verbo Marmitar®?

Apesar de (ainda) não existir, não seria difícil conjugar o verbo Marmitar®: Eu marmito, Tu marmitas, Ele marmita, Nós marmitamos, Vós marmitais, Eles marmitam. Podia ser este o verbo inventado para designar o ato de obter uma refeição a partir de um recipiente próprio para o efeito.

Os tempos justificam os meios e marmitar é um meio para poupar dinheiro e também para comer melhor, comemos o que fazemos ou o que alguém faz para nós, mas é este o verdadeiro significado de comida caseira, ou não?

Tornou-se também um meio para partilhar, porque agora em grupo já não se come o mesmo ou o que se leu na ementa do dia, há surpresa em espreitar a marmita do outro e por isso há partilha. Dá-se a provar, legenda-se como o assado da sogra ou da mãe, dão-se a conhecer os restos de domingo, o improviso do que se fez com qualquer coisa que estava no frigorífico ou a mudança de tempero. A marmita de algum modo contribui também para sermos criativos, inventores adaptados à caixa de plástico ou de vidro e acrescentarmos assunto à hora do almoço.

A lancheira tem-se tornado um adereço. Já não são apenas as crianças a levar as lancheiras para a escola, os adultos também já não dispensam este acessório que vem sempre bem “recheado”. De há uns anos para cá é também uma opção de brinde das marcas alimentares para mimar os seus clientes… Quantos de nós já não comprámos aquele produto apenas pela lancheira que vinha como brinde? E quantos não comprámos vários, para termos todas as cores e padrões?

Para quem quer, ou pode, marmitar com mais estilo, há sempre as soluções da SmartLunch, uma marca com soluções muito completas de adereços que tornam a lancheira muito completa.

Marmitar.PNG

Nós marmitamos…

LOLA

A marmita já faz parte do meu dia-a-dia…é como as calças que tenho que vestir ou o casaco que levo para o frio…já funciona como uma peça de roupa…braço direito que leva a mala, também leva a marmita. 

Nem muito grande, nem muito pequena, mas o tamanho ideal para poder marmitar durante todo o dia, seja a meio da manhã, ao almoço, ao lanche e até leva aquele pacote de bolachas... não vá dar-me uma fome extra… e ali estão elas na “bolsa mágica”.

Quanto aos rituais de preparação da marmita, tenho de facto uma grande ajuda, que fazem de mim uma “Mimada da Marmita”… confesso, a maior parte das vezes a laranja já vai descascada e repartida em gomos… ainda assim, sou parte integrante do processo, dando umas orientações quanto ao que levar. E… às vezes levo (orgulhosamente) uns douradinhos!

 

KIKI

Sempre me lembro de marmitar, já no tempo da Escola. Umas vezes era para poupar uns Euros, outras vezes era uma opção para garantir refeições mais saudáveis e de qualidade. A verdade é que os anos passaram, deixei de ser Estudante, mas continuo a marmitar e, ironia das ironias, exatamente pelos mesmos motivos, para poupar Euros que cada vez desaparecem mais depressa e para garantir refeições mais equilibradas, pois as preocupações com a linha não podem ser descuradas.

O que menos gosto? De ter que perder 5 minutos da rotina matinal a arranjar a marmita, de comer em recipientes de plástico e de nem sempre me apetecer aquilo que levo. O que mais gosto? Da garantia de que me estou a alimentar bem e da poupança que representa ao final do mês.

 

DUDA

Já marmito há 3 anos. Posso considerar-me quase veterana! O processo começa com a elaboração semanal da ementa, de ter dispositivos próprios para este efeito, frascos de tempero portáteis, talheres adaptados ao tamanho da lancheira, ou melhor da “box lunch” - em inglês fica tudo mais chique. E hoje é chique levar o almoço de casa, assumir que transportamos a nossa própria refeição de modo visível e com altivez, seja na maleta fancy ou naquela que foi uma oferta de uma marca de iogurtes. Na verdade pouco importa, porque ter estilo é saber tornar o banal interessante, fazer parecer o necessário uma escolha e acrescentar personalidade a qualquer coisa que se faça e, neste caso, também que se coma! 

Convidámos 3 homens e eles contaram-nos… #1

Achámos que também era importante ouvirmos a perspetiva dos cavalheiros sobre aquilo que “As mulheres NÃO devem fazer no 1º encontro”.

Cada Ponto de Vista convidou um parceiro de geração, que nos dão uns conselhos.

Portanto meninas, desta vez é para nós... 

 

TIAGO SOTENHO, PVC da LOLA
- Ter tanta maquilhagem de modo a que não lhe perceba o volume das bochechas. Já todos sabemos que temos borbulhas e olheiras, se é o primeiro encontro quero conhecê-la a ela e não à sua inteira gama de cosméticos
- Gostar magicamente de cada série, filme, artista ou álbum de música à medida que os vou nomeando na nossa conversa. Não precisamos de ser almas gémeas da cultura para resultar, mais tarde ou mais cedo vou ver a sua atividade recente no Spotify
- Se por acaso decidirmos ir ver um filme, ter o azar de olhar para o lado e perceber que adormeceu... Vá lá, estávamos a ver um filme no nosso primeiro encontro, devo acreditar que a culpa é do realizador ou...?
- Se formos a um restaurante maravilhoso, não fazer questão de 10 em 10 minutos dizer que o que é uma maravilha é o empregado. Posso sempre pedir-lhe que se junte e temos um encontro a três
- Berrar em público. Qual era mesmo o nome? Só para ter a certeza que não combino encontros com mais nenhuma Amélia Fadista.

SANTIAGO LAPA, PVC da KIKI
- Convidar para dançar uma kizomba no Bleza
- Ser demasiado atrevida
- Não se saber cuidar
- Ter um perfume estilo "Mafu"
- Não ser capaz de ter uma conversa agradável e inteligente
- Ter mau gosto
- Não ter educação
- Não saber falar bem português (já "fostes")
- Ser uma enjoada
- Ter a mania que sabe tudo (tipo pitas que andam em Medicina) só humildade...
- Ter mau hálito
- Ser uma pessoa sem objetivos na vida

 

SL, PVC da DUDA
- Passar o tempo a olhar para o Facebook (ou para o telemóvel de um modo geral)
- Ter um modo de conversa desconexo, ou seja, não conseguir manter uma conversa por mais de 5 minutos, assim como não ter sentido de humor
- Minissaia e salto alto (nem sequer aplicável) especialmente se não souber andar com saltos
- Evitar ativamente o contacto visual
- Criticar a escolha do local do dito 1º encontro
- Abusar do "fashionably late"
- Estar a lamentar relações anteriores, ou para todos os efeitos, referir o seu passado amoroso sem necessidade
- Totalmente intolerável roer as unhas
- Quilos de maquilhagem (a década de 80 já lá vai...)
- Usar "litros" de perfume

 

O que o Homem deve fazer no 1.º encontro

Como o prometido é devido, cá está a lista das coisas que um Homem deve fazer no 1º encontro.

À semelhança da anterior, não houve divergência de opiniões, apenas demorou um pouco mais a elaborar, mas Lola, Kiki e Duda estão de acordo no que respeita a este tema tão transversal às gerações.

 

Cá vai cavalheiros:

- Fazer um elogio subtil

- Olhar nos olhos

- Num jantar, dar a provar as suas escolhas gastronómicas

- Reparar e referir detalhes do que os rodeia

- Não ter uma atitude “logo se vê”

- Ter sentido de humor apurado e inteligente

- Demonstrar que é Homem para “virar a mulher como uma sardinha”

- Um suave contacto físico

- Fazer perguntas/mostrar interesse

- Abrir todas as portas à Senhora (Lola exclui a do carro)

- Uma despedida que deixe a vontade de “quero mais”

- Dar feedback do encontro

this-way-cc-by-sa-hlkljgk.jpg

O que um homem não pode fazer no 1º encontro

Esta é uma opinião transversal às gerações. Lola, Kiki e Duda estão de acordo em relação ao que não pode acontecer num primeiro encontro.
Portanto cavalheiros, foquem-se nisto, um homem nunca pode...

 

- Falar em antigas relações ou existência de uma melhor amiga
- Propor dividir a primeira conta (A Duda não concorda com esta)
- Falar, falar, falar e não dar espaço para nós falarmos
- Gabar-se demasiado
- Mexer no telemóvel, devendo, até estar fora do nosso horizonte visual
- Revelar insegurança nas decisões
- Não oferecer boleia
- Chegar atrasado
- Aparecer de sandálias, carteira de velcro, mala à “tira-colo”
- Ter maus modos, como por exemplo chamar o empregando soltando um “Óh faxavor!”
- Falar sempre da mesma coisa
- Para falar de um assunto “ir ao bilhar grande e voltar”
- Falar dos problemas de saúde, revelando sintomas de hipocondria

 

fotografia.JPG

 

 

Pág. 1/2